Plantio de árvores e reciclagem viram campanhas de consumo consciente feitas por alunos de Queimados (RJ) - Ecoo

Plantio de árvores e reciclagem viram campanhas de consumo consciente feitas por alunos de Queimados (RJ)

0 8

Depois de fotografar e criar frases publicitárias, alunos de escolas públicas finalizam  “profissionalmente” campanhas de utilidade pública  

No quinto município mais violento do Brasil, na baixada fluminense, o  projeto Arte da Imagem – Caminhos do Consumo Consciente promoveu, em Queimados o Dia do Consumo Consciente nas escolas estaduais Professor Washington Manoel de Souza e Scintilla Excel, nos dias 1º e 2 de dezembro. Na ocasião, professores de fotografia e linguagem publicitária monitoraram virtualmente a produção de campanhas “profissionais” de utilidade pública sobre consumo consciente, produzidas pelos alunos dessas escolas.

Alunos de várias escolas criaram campanhas de utilidade pública com suas próprias fotos e seus textos publicitários, a partir da orientação de seus professores. Depois, duas dessas campanhas foram selecionadas, uma por meio de votação popular no facebook e outra por uma comissão julgadora. As campanhas escolhidas serviram de inspiração para os alunos das duas escolas finalizarem a campanha de utilidade pública “profissional”, com a monitoria de professores de fotografia e linguagem publicitária. Os resultados foram surpreendentes, tanto pelo engajamento, como pela capacidade dos alunos de 12 a 14 anos em trabalhar essa forma de expressão. Em Queimados 14 educadores foram previamente capacitados e dezenas de alunos participaram da iniciativa. Mais detalhes estão em www.artedaimagem.com.br

proposta surgiu para provocar os alunos a fazer uma atuação prática pelo consumo consciente, ensinar-lhes técnicas de fotografia para celular, conhecer a lógica da linguagem publicitária com fins de utilidade pública, discutir o significado dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e dar asas à criatividade.

De acordo com Allan de Amorim, coordenador de projetos da Horizonte, a iniciativa foi abraçada pelas Secretarias de Educação dos 12 municípios contemplados pelo Arte da Imagem. “O balanço dos resultados foi super positivo, ainda mais que tudo aconteceu durante uma pandemia, com alunos e professores em suas casas. A quantidade e qualidade de campanhas de utilidade pública que recebemos foi surpreendente”, conta.

A iniciativa do projeto Arte da Imagem – Caminhos do Consumo Consciente teve o patrocínio da Deca, realização da Flamingo Comunicação e Lei Federal de Incentivo à Cultura, com produção da Horizonte Educação e Comunicação. (Horizonte Geográfico)



Fonte

Deixar uma resposta