Homem joga notas de R$ 50 no mar durante festa de luxo em Guarujá - Ecoo

Homem joga notas de R$ 50 no mar durante festa de luxo em Guarujá

0 7
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({ google_ad_client: "ca-pub-8192361229001083", enable_page_level_ads: true });

Um homem foi flagrado jogando notas de R$ 50 no mar, em mais uma festa durante a pandemia de covid-19, que reuniu barcos de luxo, no Canto do Tortuga, localizado no bairro Enseada, em Guarujá, no litoral de São Paulo. O evento aconteceu na última quinta-feira, 18, e reuniu aproximadamente 350 pessoas.

homem notas mar

Crédito: ReproduçãoHomem joga notas de R$ 50 no mar durante festa de luxo em Guarujá

Um vídeo do evento viralizou nas redes sociais e mostram todos os participantes desrespeitando as medidas de prevenção ao novo coronavírus, o homem com um maço de dinheiro na mão jogando diversas notas no mar e um outro comemorando a ostentação.

O evento ocorreu na tarde de quinta-feira (17), no Canto do Tortuga, localizado no bairro Enseada, desrespeitando as medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o uso de máscaras de proteção e o distanciamento social. Um video (veja acima) mostra um homem jogando diversas notas no mar. Já outro participante da festa comemora a ostentação.

Nas imagens é possível ver que após jogar notas ao mar, o homem se vira para quem está filmando e entrega um bolo com supostas cédulas de R$ 100 e R$ 50.  Além disso, o vídeo mostra lanchas, iates, motos-aquática e duas escunas reunidas e centenas de banhistas se divertindo com música alta e muita bebida.

Para participar da festa, as pessoas compraram ingressos, que na quinta pela manhã já haviam esgotado. Os barcos de luxo funcionavam como uma espécie de ‘camarote’, mas não era preciso pagar pela presença do barco.

O evento divulgado pelas redes sociais, reuniu ao menos dois DJs e uma empresária, que não teve seu nome identificado, comemorou seu aniversário.

O evento não poderia acontecer, já que de acordo com o decreto municipal de enfrentamento à Covid-19, Guarujá não pode ter aglomeração nem locação de embarcações.



Fonte

Deixar uma resposta