Estudante de medicina é suspeito de atuar como médico no Rio - Ecoo

Estudante de medicina é suspeito de atuar como médico no Rio

0 26

A Polícia Civil do Rio está investiga um estudante de medicina suspeito de trabalhar como médico no combate à pandemia do novo coronavírus.

Segundo reportagem do G1, Davi Paula Torres de Souza, de 28 anos, é contratado da empresa Tuíse, que oferece serviços terceirizado de ambulâncias para a Secretaria Municipal de Saúde da capital fluminense.

falso médico

Crédito: Reprodução/InstagramInvestigações apontam que Davi Paula Torres de Souza, de 28 anos, atuaria como médico responsável pelos pacientes em serviço de ambulância.

Investigações apontam que Davi atuaria como médico responsável pelos pacientes durante o transporte. O rapaz, que estuda na Argentina, ainda não tem diploma.

As diligências começaram assim que a 38ª DP (Brás de Pina) recebeu a denúncia de que ele estaria dando plantão no Hospital Municipal Francisco da Silva Telles, em Irajá, na zona norte do Rio.

Os policiais foram até a unidade e constataram que havia um médico, identificado como Davi Cotrim. Pelo número do telefone, os investigadores chegaram ao nome verdadeiro do suposto médico, Davi Paula.


Fonte

Deixar uma resposta