Bom estar animal chega ao varejo - Ecoo

Bom estar animal chega ao varejo

0 7

Grupo GPA será a primeira do varejo alimentar brasileiro a assumir um compromisso transversal que abrange as quatro principais cadeias de alimentos de proteínas animais in natura no país

O GPA  anuncia a ampliação de seus compromissos em relação ao bem-estar animal, contemplando a compra e venda de produtos nas cadeias de ovos, frangos, produtos bovinos e suínos in natura para as marcas Pão de Açúcar e Extra.

Dessa forma, o GPA se torna o primeiro varejista alimentar brasileiro a assumir um compromisso mais amplo de fornecimento de proteínas animais com atributos de bem-estar animal.

A iniciativa soma-se ao pioneirismo da companhia no segmento e reforça o direcionamento prioritário em identificar e atender os anseios dos consumidores, bem como seu compromisso na redução dos impactos socioambientais das cadeias produtivas, tornando-as cada vez mais responsável com o meio ambiente, as pessoas e o bem-estar animal.

“O varejo é elo e conexão entre fornecedores e clientes. Por isso, temos a preocupação de desenvolver novas práticas junto a cadeia de abastecimento para construir um futuro que potencialize os impactos positivos e reduza os negativos. Nesse sentido, estamos há mais de quatro anos construindo coletivamente diversas ações e políticas para guiar o trabalho do GPA e também contribuir com o aumento da oferta de produtos e da conscientização dos clientes sobre processos produtivos que contemplam o bem-estar animal”, explica Susy Yoshimura, Diretora de Sustentabilidade do GPA.

Para atender aos compromissos públicos anunciados pela companhia, o GPA está sensibilizando e conscientizando os fornecedores para que se adequem aos seus objetivos dentro dos prazos estabelecidos, unindo esforços com produtores e fornecedores para atingir este compromisso. Além disso, trata-se de continuar o trabalho permanente de construção conjunta com organizações sociais de proteção animal e os próprios consumidores.

“Esse processo de transição será feito da mesma forma como o GPA trabalha com ações desse tipo: por meio do diálogo contínuo com a sociedade civil e demais agentes da cadeia num processo evolutivo, recohecendo boas práticas dos fornecedores, comunicando e conscientizando o consumidor”, explica Andre Artin, Gerente Comercial do GPA.

O detalhamento de cada critério será publicado na política de bem-estar animal do GPA. Mais detalhes, no site: clique aqui.

Confira abaixo mais informações sobre os compromissos do GPA para bem-estar animal em cada uma das cadeias de proteína animal:

Ovos de galinhas

O GPA foi o primeiro varejista alimentar brasileiro a firmar, em 2017, um compromisso pelo bem-estar animal na cadeia de ovos, quando foi estipulado que viabilizaria, até 2025, a comercialização de 100% de ovos de Marcas Exclusivas (Qualitá e Taeq) provenientes de criação de galinhas sem gaiolas. Agora, a meta é expandida para todas as demais marcas comercializadas no Extra e no Pão de Açúcar. Dessa forma, 100% dos ovos vendidos nas duas redes serão provenientes da criação de galinhas livres de gaiolas até 2028. Ao longo desses anos, o trabalho da companhia no tema será aprimorado, estabelecendo algumas frentes de atuação como: desenvolvimento de fornecedores, atuação junto aos demais atores da cadeia, conscientização de consumidores e abastecimento de lojas. Como resultado, o GPA aumentou o abastecimento dos ovos de galinhas livres de gaiolas nas lojas Extra e Pão de Açúcar para 98,2% em 2019 e o percentual dessas categorias para 30% do total de ovos Marcas Exclusivas comercializados nas redes.

Suinos

O GPA assumiu o compromisso de comercializar exclusivamente carne suína proveniente de produção que contempla o bem-estar, migrando para a gestação coletiva em ambientes com enriquecimento ambiental a partir 2028 e com número máximo de dias nas individuais. O compromisso será válido para 100% das marcas comercializadas nas lojas Extra e Pão de Açúcar. Para garantir a boa saúde e os altos níveis de qualidade de vida dos animais, com condições físicas e psicológicas adequadas, o compromisso da companhia inclui também o controle rigoroso das boas condições ambientais das granjas, onde os animais possam expressar seus comportamentos naturais, a exigência da susbtituição de práticas de mutilações que conferem dor e sofrimento e o monitoramento do uso racional de antibióticos.

Carne Bovina

O GPA possui uma Política Socioambiental de Compras de Carne Bovina, que estabelece critérios de homologação a todos os fornecedores frigoríficos nacionais e, além de garantir os padrões de qualidade e segurança alimentar, obriga aos fornecedores a atender a premissas socioambientais e de bem-estar animal. Atualmente, 100% da carne bovina de Marcas Exclusivas comercializadas no Extra e no Pão de Açúcar já contam com rastreabilidade desde a origem e com acompanhamento socioambiental. E, adicionalmente a este trabalho, a meta da rede Pão de Açúcar é que, até 2025, 100% dos fornecedores das demais marcas assumam publicamente compromisssos sobre o bem-estar animal.

Frangos

Na cadeia de frangos de corte, a meta é que até 2028, 100% dos produtos das marcas exclusivas Qualitá e Taeq atendam as tendências globais que serão detalhadas na política de bem-estar animal do GPA. Em relação às demais marcas, a rede Pão de Açúcar assume o compromisso de dobrar a participação das vendas de produtos provenientes de cadeias produtivas que valorizam o bem-estar animal.

(#Envolverde)



Fonte

Deixar uma resposta